Após estudos e pesquisa de mecardo achamos apropriado o refinamento do termo Corretoras e a partir de hoje aplicaremos o FLAGSHIP, dessa forma deixamos o termo mais eletizado e condizente com o público alvo.

Conheça as 10 pedras preciosas mais valiosas do mundo. É desta forma que apresentamos as Flagships.

Virgin Rainbow

Valor: Avaliado em 1 milhão do dólares (3,2 milhões de reais)
Descoberto na Austrália em 2003, esse opala incrivelmente raro é
capaz de brilhar no escuro. Ele exibe um arco-íris de cores que o torna
verdadeiramente único, e por isso, extremamente valioso.

Rockefeller

Valor: 5,5 milhões de dólares (17,9 milhões de reais)

Vendida por 5,5 milhões de dólares, esta esmeralda de 18,04 quilates é atualmente a esmeralda mais cara por quilate. Inicialmente, John D. Rockefeller comprou essa esmeralda colombiana, ainda não tratada, para sua esposa na década de 1930. Em junho de 2017, Harry Winston comprou a joia verde.

Moussaieff

Valor: Aproximadamente 8 milhões de dólares (26 milhões de reais). Com 5.11 quilates, o Moussaieff é o maior diamante vermelho classificado pelo GIA (Instituto Gemológico da América). Os diamantes vermelhos são notoriamente raros, e alguns gemólogos alegam que existam apenas cerca de 20 ou mais diamantes vermelhos “verdadeiros” já descobertos. O Moussaieff foi originalmente cortado de uma pedra bruta de 13,9 quilates, encontrada no Brasil, e foi vendido por cerca de 8 milhões de dólares no início dos anos 2000.

Graff Vivid

Valor: 16.3 milhões de dólares (53,1 milhões de reais). Esse grande diamante amarelo de cerca de 100 quilates foi vendido por mais de 16 milhões de dólares em 2014. Com essa venda, o Graff Vivid Yellow marcou um novo recorde mundial de diamante amarelo mais caro vendido
em leilão. Essa pedra preciosa foi originalmente cortada de um diamante bruto de 190 quilates, em Nova York.

Blue Belle

Valor: 17,3 milhões de dólares (56,3 milhões de reais)

Com 392,52 quilates, a safira Blue Belle da Asia foi vendida por 17,3 milhões de dólares em Genebra, em 2014. Essa joia, que foi descoberta no Sri Lanka em 1926, atualmente é a safira mais cara do mundo.

Vídeos